Home Blog 2024: Tendências e estratégias em segurança cibernética industrial

Blog

2024: Tendências e estratégias em segurança cibernética industrial

TI Safe foca nos segmentos de Energia, Siderurgia, Óleo & Gás e Indústria de Manufatura

 A preservação da cadeia de suprimentos e a proteção das infraestruturas críticas de um país dependem crucialmente da segurança cibernética em Tecnologia Operacional (TO). No contexto brasileiro, essa temática está ganhando crescente relevância, refletida  na recente implementação da Política Nacional de Cibersegurança e na criação do Comitê Nacional de Cibersegurança.

 

Para a TI Safe, a perspectiva para 2024 é a de ampliar a atuação, cada vez mais, nos segmentos de Energia, Siderurgia, Óleo & Gás e Indústria de Manufatura. A grande aposta da companhia para crescer nessas áreas é uma solução integrada que vai além da prevenção de incidentes, a Assinatura de Segurança Cibernética Industrial (ASCI). “Estamos estruturados para garantir proteção total para redes operativas de indústrias nesses setores, desde a fase de prototipagem de soluções customizadas em laboratório, passando pelo monitoramento contínuo, pela inteligência industrial e pela gestão de riscos”, conta Marcelo Branquinho, CEO da TI Safe. (Saiba mais sobre ASCI na reportagem especial: Durante 2023, 20 gigantes do segmento de energia adotaram a Assinatura de Segurança Cibernética Industrial (ASCI) da TI Safe – TI Safe)

 

Para além da prestação de serviço de excelência, a TI Safe tem ainda o compromisso de ampliar o debate, disseminar conhecimento, engajar empresas e academia nas principais discussões e, com isso, melhorar continuamente a segurança cibernética industrial no país. Para atingir esses objetivos, a empresa promove a cada dois anos a Conferência Latino-Americana de Segurança em SCADA (CLASS). 

 

A 5ª edição, que acontecerá entre 14 e 16 de maio no Museu do Amanhã, na região portuária do Rio de Janeiro, marcará o retorno do evento ao Rio de Janeiro após 10 anos.  A CLASS promove palestras, oficinas e tradicionalmente reúne empresas e pesquisadores de diversos países especializados em segurança de sistemas de controle industrial. “Os tópicos de interesse são amplos, variando desde governança para sistemas de controle industrial a aspectos de sistemas SCADA como arquiteturas seguras, criptografia, controle de acesso e defesa em profundidade, dentre outros”, detalha o CEO da TI Safe.  As inscrições para CLASS estão abertas: https://youtu.be/KjobvWX1z-g

 

Ainda com o propósito contínuo de unir participantes do setor em torno de uma agenda voltada para a cibersegurança industrial no Brasil, a TI Safe realizará, em 2024, a segunda edição do Cybersecurity Roadshow. Marcelo Branquinho, CEO da TI Safe, destaca que, com o suporte de parceiros de negócios locais, a iniciativa percorrerá diversas cidades brasileiras, proporcionando conteúdo e experiências práticas sobre o cenário da cibersegurança industrial. O evento visa reunir especialistas, executivos e profissionais do setor para discutir os desafios e avanços mais recentes nesse campo em constante evolução.

No calendário anual da companhia está prevista a seguinte agenda: Manaus em fevereiro, Florianópolis em março, Belo Horizonte em junho, Recife em julho, Porto Alegre em agosto e Fortaleza em setembro.

 

 

Voltar