ptarzh-CNenfrdeitjarues

Três perguntas para.... Italo Calvano, diretor de vendas da Claroty para América Latina

Avalie este item
(0 votos)
Quinta, 06 Fevereiro 2020 17:26

Com DNA em cibersegurança para automação industrial, a Claroty nasceu em Israel e tem entre seus investidores Siemens, Schneider e Rockwell

 3IPerguntas para Italo

 

O diretor de vendas Italo Calvano foi o responsável pelo lançamento das operações da Claroty na América Latina e pela construção de distribuição e ecossistemas de parceiros. Saiba mais sobre o que a Claroty planeja para este ano:

TI Safe News - Qual é expectativa de expansão e novos projetos da empresa para este ano?

Italo Calvano – Quando falamos sobre maturidade tecnológica, longevidade, simplicidade e por melhor funcionalidade, falamos de Claroty. A única empresa de CyberSegurança de OT/IOT/iiOT que recebe investimentos da Siemens, Rockwell e Schneider. Estas são as três maiores companhias do mundo com foco em automação industrial. Você gostaria de colocar no seu processo Produtivo alguma ferramenta de CyberSegurança que não tenha estes gigantes como investidores? Eu não seguiria este caminho. Facilmente, demonstramos em projetos pilotos o nosso diferencial tecnológico dentre as empresas de mercado. Estas empresas de mercado rapidamente sumiram, foram compradas e incorporadas. O que será delas? Longevidade é um tópico muito importante para OT. Uma planta de qualquer vertical normalmente é instalada para durar 10, 15, 25 anos. Instalar uma ferramenta que não tenha longevidade não faz sentido.

Os  investimentos das grandes "players" do setor de automação possibilitam obtermos maior visibilidade e profundidade em qualquer ação de inventário que o cliente necessite. Sem dúvidas, somos considerados a empresa que, atualmente, melhor faz isto no mercado. Neste cenário, existem algumas demandas como, por exemplo, o Operador Nacional do Sistema (ONS) exigindo requisitos de acesso seguro. Hoje, somos os únicos que fazemo isto com solução própria e totalmente integrado, o que traz grande credibilidade para o que oferecemos. Não é necessário fazer uma composição com diversos 'Vendors" para atender aos requisitos da ONS.

Ano passado, nos seis primeiros meses de atuação, a empresa cresceu 200% na América Latina. A expectativa de crescimento para este ano é de 80%, tanto por conta do aumento da demanda como por sermos capacitados, certificados pelos "vendors" de OT, e já com casos de referência no Brasil.

 

TI Safe NewsO que motivou a empresa a fechar parceria com a TI Safe?

Italo Calvano – Eu conhecia o trabalho da TI Safe há bastante tempo. Na minha avaliação, a empresa é formada por profissionais super qualificados, que conhecem muito bem o ambiente de automação, de segurança cibernética e de IT. Portanto, é uma empresa que tem uma capacidade multivertical para falar com clientes sobre uma arquitetura unificada de segurança cibernética. Além disto, a TI Safe tem um SOC preparado com foco em automação industrial e isso é bem raro de ser encontrado no mercado nacional. Consideramos que é um parceiro que está pronto para entregar, inclusive, a remedição de qualquer problema que o cliente tenha. Ou seja, a TI Safe utiliza a tecnologia da Claroty para ter visibilidade, inventário, entender as causas dos problemas e vulnerabilidades e também pode mitigar qualquer tipo problema, fechando, dessa forma, o ciclo completo de segurança.

 

TI Safe News – Quais são as expectativas com relação a participação na CLASS  2020?

Italo Calvano – Na próxima edição da CLASS estamos participando com a Siemens, que é um dos investidores da Claroty, e vamos levar uma solução completa já atendendo os requisitos que o ONS vai exigir das empresas do setor elétrico. Isto é bem importante, pois apresentaremos durante a Conferência um pacote completo de tratamento de tudo o que o documento de procedimentos solicitado pelo Operador vai requerer. E como o tema de segurança cibernética está muito forte para as Utilities, nossa expectativa é encontramos no evento grandes empresas desse setor e apresentar o que há de melhor no mercado na área de segurança cibernética para ambiente Industrial.

Lido 126 vezes Última modificação em Quinta, 13 Fevereiro 2020 18:51

Copyright © 2007-2020 - TI Safe Segurança da Informação - Todos os direitos reservados.