ptarzh-CNenfrdeitjarues

TI Safe promoverá Hackathon sobre segurança cibernética de cidades inteligentes durante o CLASS 2020

Avalie este item
(0 votos)
Segunda, 07 Outubro 2019 18:23

Organizado pela Federação das Indústrias do Paraná (FIEP), a competição integra a programação complementar da CLASS 2020

 Hackathon 4

 

O Hackathon da TI SAFE, que acontecerá em Curitiba entre 22 a 24 maio, semana que antecede a Conferência Latino-Americana em Segurança SCADA, CLASS 2020, terá um desafio ainda mais amplo: Como proteger cidades inteligentes? O objetivo é realizar uma maratona de ideias para solucionar os desafios propostos pelas TI Safe. Serão três dias de competição entre 50 participantes, divididos entre 10 equipes. “Os times terão que solucionar os mais complexos desafios na área segurança cibernética. Os competidores terão que aplicar métodos e oficinas Design Thinking, Canvas, Arduino, Prototipação e Vídeo Pitch para solucionar os problemas propostos”, destaca Marcelo Branquinho, CEO da TI Safe.

A TI Safe contará com uma equipe de mentores própria e do parceiro no projeto, o Sistema FIEP, para coordenar o trabalho das equipes e para banca de análise final.

O prêmio será de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 1 mil para, respectivamente, 1º, 2º e 3º colocados, além de 01 voucher de treinamento na TI Safe no Rio de Janeiro, ou na modalidade EAD se for a preferência do premiado. Cada membro da equipe vencedora e também os times que levarem os 2º e 3º lugares terão acesso gratuito a CLASS. A premiação, inclusive, acontecerá no último dia da Conferência, dia 28 de maio. 

Um dos principais objetivos do desafio é deixar como legado ideias, caminhos e soluções na área de segurança cibernética que serão incorporadas ao projeto Curitiba 2035, uma iniciativa da sociedade curitibana para a construção de diretrizes de longo prazo, que nortearão as políticas de desenvolvimento da cidade nos próximos 20 anos. O projeto tem como ponto de partida o estudo prospectivo Curitiba 2030, realizado em 2010, que teve como objetivo indicar um caminho para posicionar Curitiba, em um horizonte de 20 anos, no patamar das principais cidades inovadoras do mundo. Este estudo prospectivo baseou-se em um processo organizado de reflexão coletiva de diversos segmentos da sociedade, resultando na priorização de temas e proposição de ações adequadas ao desejo de transformação local. Os temas definidos como prioritários foram: Governança; Cidade em Rede; Cidade do Conhecimento; Transporte e Mobilidade; Meio Ambiente e Biodiversidade; Saúde e Bem-estar; e Coexistência em uma Cidade Global. A realização do projeto é fruto de uma parceria entre Comunitas, Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Instituto Arapayaú e prefeitura de Curitiba.

Em breve entrará no ar o hotsite oficial do Hackathon da TI Safe com todos os detalhes sobre inscrição e próximos passos. Acompanhe aqui todas as novidades do CLASS 2010.

Lido 527 vezes Última modificação em Quarta, 09 Outubro 2019 14:23

Copyright © 2007-2018 - TI Safe Segurança da Informação - Todos os direitos reservados.