ptarzh-CNenfrdeitjarues

Tendências em gestão de riscos cibernéticos e segurança da informação

Avalie este item
(0 votos)
Quinta, 25 Julho 2019 10:23

Estudo mostra como as empresas da América Latina e Caribe avaliam o risco cibernético.

 empresas analisam risco

Apesar da segurança cibernética ser reconhecida como um componente importante no modelo de governança e gestão, mais da metade das empresas da América Latina e Caribe não contemplam o cenário de segurança cibernética em seus programas de continuidade de negócios. É o que aponta uma pesquisa realizada pela Delloite. 

Grande parte das empresas entrevistadas desconhecem os impactos causados pelos ataques virtuais, o que explica a razão da maioria ter respondido que não compila nem compartilha informações com a finalidade de colocar em prática processos internos de preparação e respostas.

 

Segurança

O levantamento mostra ainda que as empresas da América Latina e Caribe se encontram no estágio médio de proteção dos dados. As redes possuem proteção contra malware e tecnologias adicionais ao antivírus, mas há oportunidade de melhoria na proteção crítica.

Praticamente metade das empresas não possui capacidades para testar ataques de negação de serviço.

 

As principais tendências identificadas pelo estudo

1 –  Melhorar as capacidades de monitoramento e resposta.

2 –  Rever orçamentos para a gestão de risco cibernético e segurança da informação.

3 – Entender as ameaças cibernéticas que afetam o seu setor.

4 – Capacitar e conscientizar colaboradores sobre os riscos cibernéticos e seus impactos na organização.

Lido 334 vezes Última modificação em Quinta, 25 Julho 2019 18:08

Copyright © 2007-2018 - TI Safe Segurança da Informação - Todos os direitos reservados.