TI Safe

Class | Suporte | EaD | Hub |

Home Blog TI Safe cresceu 53,3% em 2020, firmou parcerias estratégicas e está duplicando sua área de P&D

Blog

TI Safe cresceu 53,3% em 2020, firmou parcerias estratégicas e está duplicando sua área de P&D

A crise sanitária mundial se mostrou uma oportunidade de reinvenção para a companhia.

A TI Safe fechou o fatídico ano de 2020 com a marca de 51 projetos realizados ao longo do ano, com diferentes níveis de complexidade, e crescimento geral de 53,3%. Na área de treinamentos online, a empresa registrou aumento de 43%.

Segundo Marcelo Branquinho, CEO da TI Safe, o grande desafio foi o de manter a companhia firme no propósito de continuar entregando projetos e atendendo os clientes com excelência, mesmo em meio a uma grave crise sanitária mundial. “Estávamos com toda estratégia de comunicação, energia e investimentos direcionados para a realização do mais uma Conferência Latino-Americana em Segurança SCADA (CLASS), maior evento de segurança cibernética da América Latina, que aconteceria em maio. Mas, tivemos que mudar a rota e nos reinventar. Como todas as empresas, ficamos preocupados sem saber o que esperar, mas conseguimos lidar muito bem com todas as questões e saímos mais fortes para 2021”, avalia Marcelo.

A TI Safe manteve toda sua equipe contratada e sem reduzir salários. Também implementou o teletrabalho rapidamente aproveitando o benefício da infraestrutura de computação em nuvem que já utilizava. Com isso, a empresa cumpriu com todos os compromissos e entregas e ainda fez mais do que o planejado.

De olho na ampliação do escopo de atuação no mercado de energia elétrica, que abrirá novas perspectivas quando o Operador Nacional do Sistema (ONS) publicar o procedimento de segurança cibernética, previsto para o primeiro semestre deste ano, a TI Safe fechou uma parceria tecnológica e comercial com a Siemens para o desenvolvimento de uma solução em conjunto.

O setor elétrico, aliás, segundo Marcelo Branquinho, continuará sendo o mercado principal da empresa em 2021. “Já estamos com alguns projetos no pipeline com ótimas chances de evolução durante o novo ano”, diz Branquinho.

No planejamento para o ano, a TI Safe prevê investir ainda mais no desenvolvimento da própria equipe e focar em ganho de eficiência. Também planeja comercializar mais projetos de Governança Riscos e Compliance (GRC), baseados no ICS. SecurityFramework para elétricas e ampliar a venda de serviços de uma forma geral.

Outra importante medida, que visa o crescimento sustentável da empresa, é a duplicação da equipe de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) “Temos muitas outras novidades sendo gestadas por aqui e que em breve apresentaremos ao mercado”, disse Marcelo Branquinho.

 

Equipe TI Safe celebra os resultados de 2020

Voltar