TI Safe

Class | Suporte | EaD | Hub |

Home Blog Por que SOCs de TI e Híbridos não devem ser usados para proteger redes industriais?

Blog

Por que SOCs de TI e Híbridos não devem ser usados para proteger redes industriais?

Artigo de Marcelo Branquinho para Caderno especial Centro de Ciberseguridad Industrial detalha o tema

Com origem na Espanha, o Centro de Ciberseguridad Industrial (CCI) é uma associação sem fins lucrativos, formada por profissionais e órgãos privados e públicos preocupados com o risco crescente na automação e digitalização industrial. O CCI trabalha para avançar e melhorar o nível de segurança cibernética do setor, facilitando relacionamentos, conhecimentos e experiências dos setores envolvidos nesta área, principalmente na Europa e na América Latina. Graças a uma equipe multidisciplinar de coordenadores e especialistas, o Centro desenvolve atividades de pesquisa, treinamentos, eventos, geração de publicações e ferramentas para um ecossistema de mais de 3.000 membros de 45 países.

Na sexta edição dos cadernos especiais produzidos pelo CCI, Marcelo Branquinho, CEO da TI Safe e coordenador da associação no Brasil, explica em detalhes os vários aspectos do gerenciamento de segurança cibernética de redes operacionais e porque não é aconselhável utilizar SOCs de TI e Híbridos para proteger redes industriais.

No Paper, o executivo avalia que, embora haja relações positivas entre redes de TI (Tecnologia da Informação) e de TO (Tecnologia de Operação), o viés operacional de sua segurança cibernética é bastante diferente. “Enquanto o principal pilar da segurança cibernética de TI é a confidencialidade das informações, o principal pilar da segurança cibernética de TO é a disponibilidade. Isso significa que, para atingir seus objetivos de segurança cibernética, tais ambientes precisam se diferenciar em suas tecnologias, metodologias e estratégias”, explica Marcelo Branquinho, e completa: “Hoje começam a surgir Centro de Operações de Segurança híbridos; ou seja, aqueles em que profissionais especialistas em segurança cibernética de ambientes de TI e de TO trabalham juntos para gerenciar a segurança das redes de TO. Contudo, este tipo de gestão híbrida oferece altos riscos à continuidade operacional das redes de TO”, afirma.

A integra do documento está disponível em espanhol, inglês e português e pode ser solicitada no Site.

 

Voltar