TI Safe

Class | Suporte | EaD | Hub |

Home Blog A importância da certificação em segurança cibernética para um SOC de TO

Blog

A importância da certificação em segurança cibernética para um SOC de TO

Serviços gerenciados de segurança devem possuir certificação de qualidade para operar redes críticas

A TI Safe é pioneira no Brasil na realização de todo o processo necessário para obtenção da ISA/IEC 62443-2-4:2015, a certificação que assegura a segurança dos procedimentos e processos dos provedores de serviços gerenciados de segurança para redes operativas (TO). 

Artigo recente publicado no jornal Valor Econômico – assinado pelo professor Nivalde de Castro, do Instituto de Economia da UFRJ e coordenador no Grupo de Estudos do Setor Elétrico (GESEL), em parceria com André Clark, General Manager da Siemens Energy Brasil, avaliou que a digitalização é um caminho irreversível que aumenta as superfícies de ataques cibernéticos e amplia ainda mais os riscos de invasão aos sistemas de indústrias e infraestruturas críticas.

O artigo menciona que no Brasil, por exemplo, ações na dark web possibilitaram o acesso a mais de 240 milhões de CPFs, durante a pandemia. Segundo os autores, a frágil interação regulatória entre os agentes públicos e privados, a necessidade de regras e o aprimoramento de instrumentos de defesa cibernética tornam-se uma exigência crítica. “Às empresas não bastará dispor somente de estruturas seguras, mas, cada vez mais, será exigida uma segurança cibernética certificada”, avaliam. 

Thiago Branquinho, CTO da TI Safe, informa, contudo, que são poucas as empresas no mundo fornecedoras de serviços e soluções de segurança cibernética que são chanceladas pelos organismos normativos. Pioneira na área, a TI Safe está em fase de conclusão do processo de auditoria que consiste na avaliação de documentos e evidências aplicados ao ICS.SecurityFramework, metodologia de proteção de infraestruturas críticas da empresa. Assim, todos serviços providos pelo ICS-SOC serão certificados de modo a atestar o cumprimento com as melhores práticas de segurança cibernética industrial dos clientes atendidos. “Estamos finalizando a estruturação de processos necessários para a rodada de auditoria. A previsão de conclusão é até o final de 2021”, relata Thiago.

Voltar